quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Poesias de Natal

Aqui vão algumas poesias de Natal, para vocês aprenderem!
Espero que gostem.
Beijinhos

                                                  
  Hoje é dia de Natal





                                                            

Hoje é dia de Natal
Mas o Menino Jesus
Nem sequer tem uma cama,
Dorme na palha onde o pus.


Recebi cinco brinquedos
Mais um casaco comprido.
Pobre Menino Jesus,
Faz anos e está despido.


Comi bacalhau e bolos,

Peru, pinhões e pudim.
Só ele não comeu nada
Do que me deram a mim.


Os reis de longe lhe trazem
Tesouro, incenso e mirra.
Se me dessem tais presentes
Eu cá fazia uma birra.








Às escondidas de todos
Vou pegar-lhe pela mão
E sentá-lo no meu colo                                     

Para ver televisão.




 Desconheço o autor. Já faz parte das minhas poesias há muitos anos!


 Quando Chega o Natal






Quando chega o Natal,
anda um cheirinho no ar.
Tudo é especial,
apetece-nos cantar.





















Ai que cheirinho a filhós
rabanadas, bolo-rei;
de tudo gostamos nós,
de bacalhau já não sei.




Luísa Ducla Soares,
Conto Estrelas em Ti, Campo das Letras 

4 comentários:

Lina Querubim disse...

Boa noite Quica que quadras tão giras :)))) beijokas dorme com os Anjos

Canduxa disse...

Que pelas quadras de Natal....mesmo para saltar e brincar e festejar a alegria que há no nosso coração.
És uma estrela brilhante que arrastas outras estrelinhas...
juntas vamos brilhar neste Natal.
Combinado?

Beijinhos cheios de magia e alegria.

Pó de Estrela disse...

Lina

Ainda bem que gostaste. Não esqueço as minhas estrelinhas mais pequeninas. Fazem parte da minha vida e trago-as sempre no coração.

Vais ao Pó de Estrela escrever as memórias? gostava muito!

Beijinho lambuzado de mousse de chocolate!!!

Pó de Estrela disse...

Minha Estrelinha Canduxa

Tu apareces-me e aqueces-me com a tua luz, em todo o lado! que bom e que bem me sinto!

Vamos fazer uma bonita festa sim senhora!

Beijinhos lambuzados de bombons recheados!!!